São Paulo, 19 de abril de 2019
Home / Pesquisa / Artigos

Pesquisa / Artigos


O aluno de enfermagem e o ensino de saúde mental na atenção básica

28/07/2016

Fernanda Tiemi Miyai

Sônia Barros Jandro Moraes Cortes

 

Resumo

De 2009 a 2010, a Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo (EEUSP) passou por transição curricular, cuja proposta era integrar os ciclos básicos e clinico, desfragmentando a disciplinas. O ensino de enfermagem em saúde mental foi incluído em vários módulos que contêm os cuidados básicos. Este estudo qualitativo visou identificar como o atendimento às pessoas com doença mental foi realizado por 20 alunos da graduação em enfermagem no contexto da atenção básica, e como foram preparados. A coleta de dados foi realizada através de entrevistas semiestruturadas, em agosto de  2012, na EEUSP. Após a análise temática formaram-se as categorias: Processo ensino-aprendizagem, Unidade Básica de Saúde e Processo saúde – doença mental. A concepção da loucura construída socialmente, somada aos problemas relacionados à formação acadêmica, pode acarretar a formação de enfermeiros despreparados para o cuidado em saúde mental.

 

Descritores: Saúde mental. Atenção primária à saúde. Ensino