São Paulo, 27 de fevereiro de 2024
Home / Notícias / Fim da emergência da covid-19 é declarada pela OMS

Notícias

Fim da emergência da covid-19 é declarada pela OMS

08/05/2023

A Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou nesta sexta-feira (5) que a covid-19 deixa de ser uma emergência de saúde pública de importância internacional. A decisão deve-se à diminuição do número de óbitos pela doença e a falta de maiores agravamentos no quadro sanitário. 

Segundo a ministra da Saúde, Nísia Trindade, o relato deve ser tratado como um símbolo de esperança para o país, mas é necessário manter o cuidado e a vigilância. “Infecções pelo vírus Sars-CoV-2 vão continuar e devemos manter cuidados. É hora de intensificar a vacinação: as hospitalizações e óbitos pela covid-19 ocorrem principalmente em indivíduos que não tomaram as doses de vacina recomendadas”, diz.

É o que concorda Michael Ryan, diretor-executivo da OMS: “A emergência acabou, mas a ameaça não. A batalha não acabou”. A covid-19 já provocou mais de 700 mil mortes e 37,4 milhões de casos no país e, de acordo com o boletim divulgado pela Fiocruz, há o alerta para  o crescimento a longo prazo de casos da doença em 17 estados brasileiros.

O Brasil já ampliou o reforço da vacina bivalente contra covid para os maiores de 18 anos. A dose será aplicada a quem já recebeu, pelo menos, duas doses de vacinas monovalentes (Coronavac, Astrazeneca ou Pfizer) como esquema primário ou como dose de reforço, respeitando um intervalo de quatro meses da última dose. 

A Enfermagem, maior categoria de saúde no país, compartilhou o desafio de manter o cuidado à saúde, com os desafios potencializados pela pandemia. “No momento mais crítico, enfermeiros, técnicos, auxiliares e obstetrizes precisaram conciliar a continuidade da assistência com a superlotação de leitos, escassez de EPIs e altos índices de adoecimento dos profissionais”, afirma o Conselho Federal de Enfermagem (Cofen). 

 

“Apesar do negacionismo, dos ataques à ciência e da política de descaso, muitas vidas foram salvas devido ao SUS e ao esforço sem limite das trabalhadoras e trabalhadores da saúde”, relata a ministra da saúde.



Fonte: Sthefanny Sousa | Portal da Enfermagem
Sobre Fontes Externas de Informação
Os artigos, notícias de fontes externas, assim como as imagens, publicados no Portal da Enfermagem são de total responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião, postura ou atitude do Portal da Enfermagem.
Além disso, possuímos uma lista prévia de veículos nacionais (jornais, revistas e sites) que costumamos replicar o conteúdo em nosso portal, sempre citando a fonte.

Comentários

O portal da Enfermagem não faz a moderação dos comentários sobre suas matérias, esse Espaço tem a finalidade de permitir a liberdade de expressão dos seus leitores, portanto, os comentários não refletem a opinião dos gestores. Apesar disso, reservamo-nos o direito de excluir palavras de baixo calão, eventualmente postadas.

Nenhum comentário enviado, seja o primeiro. Participe!