São Paulo, 15 de December de 2017
Home / Gestão e Assistência / Dicas do Especialista

Dicas do Especialista

Matriz de Priorização de GUT (Gravidade x Urgência x Tendência) é uma ferramenta de Qualidade desenvolvida por Charles H. Kepner e Benjamin B. Tregoe, em 1981, de simples aplicação e utilizada para priorização de ações para dispor-se de dados que subsidiem a tomada de decisão. É um instrumento complementar a outras ferramentas da Gestão da Qualidade e está ligada ao ciclo PDCA da fase de Planejar.

Esta ferramenta responde racionalmente às questões:
- O que devemos fazer primeiro?
- Por onde devemos começar?

“A GUT aplica-se sempre que precisamos priorizar ações dentro de um leque de alternativas. O objetivo desta ferramenta é ordenar a importância das ações pela sua GRAVIDADE, pela sua URGÊNCIA e pela sua TENDÊNCIA de forma racional, permitindo escolher a tomada de ação, pois se não houver uma priorização adequada das ações, as mesmas serão orientadas pela URGÊNCIA delas e isso pode construir uma grave falha de planejamento das melhorias”, justifica a enfermeira Rita Nunes, especialista em Enfermagem em Cardiologia com MBA em Saúde.

Ela ainda explica que a estrutura da matriz tem três focos para analise e priorização do dano.

“G” - Gravidade
Avaliar a intensidade ou profundidade que o dano pode causar se não atuar sobre o mesmo.

U” – Urgência
Avaliar o tempo necessário ou disponível para corrigir os problemas levantados.

“T” – Tendência
Avaliar o comportamento evolutivo (irá melhorar ou piorar) na ausência da ação.     

A enfermeira Rita Nunes informa que a aplicação da ferramenta deve obedecer a três etapas.    
                          

Aplicação da ferramenta

01 | Os problemas levantados devem ser colocados na matriz de seleção de problema (tabela 1);

02 | Em seguida faz-se a analise de cada problema pontuando através da utilização da escala que vai de 1 a 5 conforme a tabela auxiliar de pontuação GUT (tabela 2);

03 | Após a análise e a pontuação de cada foco multiplica-se GxUxT para se obter o valor final.

Para a análise de tomada de decisão para o inicio das ações deve-se utilizar a seguinte regra:
- quanto maior a pontuação do problema a ação deve ser iniciada por ele e depois os outros utilizando a ordem decrescente.

Exemplo:

Tabela 1 - Matriz de Seleção de Problemas

Problemas

Gravidade

Urgência

Tendência

G x U x T

Colocação

1. Não cumprimento da rotina

4

5

3

60

2

2. Atraso na entrega de medicação

5

5

4

100

1

3. Alto índice de erro de digitação

2

3

3

18

4

4. Atraso na marcação de cirurgia

3

3

3

27

3



Tabela 2 - Matriz GUT (Gravidade, Urgência, Tendência)

Valor

G
Gravidade 

U
Urgência

T
Tendência

5

Os prejuízos ou dificuldades são extremamente graves.

É necessária uma ação imediata.

Se nada for feito a situação irá piorar rapidamente.

O dano é extremamente importante?

Tenho que tomar uma ação bastante urgente?

Se não fizer nada, a situação vai piorar muito?

4

Muito graves.

Com alguma urgência.

Vai piorar em curto prazo.

O dano é muito importante?

Tenho que tomar uma ação urgente?

Se não fizer nada, a situação vai piorar?

3

Graves.

O mais cedo possível.

Vai piorar em médio prazo.

O dano é importante?

Tenho que tomar uma ação relativamente urgente?

Se não fizer nada, a situação vai permanecer?

2

Pouco graves.

Pode esperar um pouco.

Vai piorar em longo prazo.

O dano é relativamente importante?

Posso aguardar?

Se não fizer nada, a situação vai melhorar?

1

Sem gravidade.

Não tem pressa.

Não vai piorar, podendo até melhorar.

O dano é pouco importante?

Não há pressa?

Se não fizer nada, a situação vai melhorar muito?


Leituras Recomendadas:

- OLIVEIRA, Djalma de Pinho Rebouças de. Planejamento estratégico – conceitos, metodologias e práticas. São Paulo: Atlas, 1992

- KEPNER, Charles H.; TREGOE, Benjamin B. O administrador racional. São Paulo: Atlas, 1981. pg.58.

- COLENGHI, V.M. O&M e qualidade total: uma integração. Rio de Janeiro: Qualitymark, 1997.




Fonte: Portal da Enfermagem


Comentários   Clique aqui para enviar seu comentário.


Nenhum comentário enviado.


Voltar Comente está notícia